Acadêmico da AMLERS e Grande Secretário de Educação e Cultura do GOB RS, Ir. Luiz Fachin, palestra em Chapecó – SC

60

Em Sessão conjunta realizada no dia 4 de outubro de 2018 entre as dezesseis Lojas Maçônicas de Chapecó, sob a liderança do Venerável Mestre, Irmão Carlos Merísio, e organizada pelos Irmãos da Loja Luz do Ocidente, n.º 3.015, jurisdicionada ao Grande Oriente do Brasil – Santa Catarina, o E. Acadêmico Luiz Fachin foi convidado para ser o palestrante no referido evento, no qual se fizeram presentes duzentos e trinta e seis Maçons.

Descreve o E. Acadêmico Fachin que se sentiu muito honrado com o convite, em especial, por se encontrar naquele Templo, da Associação Casa de São João, com Irmãos de Lojas das três Potências que se reconhecem entre si: GOB, GL e GOSC.

Ressaltou, pois, que a Maçonaria tem esse condão de gerar essa sociabilidade, e que é um dos espaços de união das almas reverentes e abnegadas, enfim, de homens que querem se aperfeiçoar, e, por isso, a grande quantidade de participantes.

Observou que apresentou, no início, temas básicos, mas que no decorrer da preleção desenvolveu assuntos que são e têm expressão crítica e que, portanto, requerem se faça censuras, mas que lá foi não com o propósito de convencer os Maçons de seguirem suas convicções, mas para chamar à atenção, de modo discreto, por procedimentos errados que alguns Maçons influentes estão tomando em suas ações e até em suas manifestações.

Resumidamente, demonstrou seu ponto de vista, entre outros assuntos sobre: interpretação e compreensão dos Símbolos; tradição simbólica dos Sumérios e Babilônicos, e dos Pitagóricos; sobre as antigas Fraternidades Iniciáticas; origem da Maçonaria; discorreu acerca da indagação: sois Maçom?; da formação dos Maçons; lembrou o conceito de Maçonaria; a Maçonaria do presente; a máxima “Conhece-te a Ti Mesmo”; a respeito de algumas Oficinas Litúrgicas; e assim por diante. Cumprimenta, por isso, mais uma vez, os Maçons de Chapecó pelo bom exemplo que oferecem.

Fonte: O Literato